quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Carta ao Prefeito - Projeto Meio Ambiente

"Somente quando for cortada a última árvore, pescado o último peixe, poluído o último rio, é que as pessoas vão perceber que não podem comer dinheiro..." (provérbio indígena)

Muito se discute, atualmente, a respeito de consciência ecológica e preservação do meio ambiente. Esse tipo de postura ideológica pode ser desenvolvida no cidadão desde os seus primeiros anos escolares.

Com base nessa afirmação, escreva uma carta argumentativa de reclamação/solicitação ao prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Nessa carta, você deve apresentar reclamações relacionadas à falta de consciência ecológica do cidadão bem como reivindicar a implementação de um projeto que possa despertar essa consciência nos alunos do nosso município.

Vídeo sobre o tema indicado pela Lana:

http://br.youtube.com/watch?v=5g8cmWZOX8Q


17 comentários:

r.lachter disse...

Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2007.

Prezado Prefeito,

Apresento nesta carta o grande problema ecológico que está ocorrendo em nosso planeta, que em conseqüência afeta nossa cidade. O aquecimento global é um problema que está sendo debatido pela sociedade, porém nem todos já se conscientizaram de seus efeitos negativos. É preciso que a população aprenda o que fazer para não ter problemas no futuro.

Precisamos apresentar em colégios, programas sobre o que é o aquecimento global para mostrarmos os grandes problemas que ele traz e trará para nossa sociedade. Por exemplo, as geleiras do Alasca que estão sendo destruídas, aumentam o volume da água e faz com que a maré suba, chegando a nossos prédios (exemplo tirado do jornal O Globo de agosto/2007, fato que já está acontecendo na cidade de Recife no estado de Pernambuco).

Para fazermos com que os efeitos do aquecimento global diminuam, precisamos usar novas matérias como o biodiesel, que é um combustível biodegradável, muito menos poluente que a gasolina, pois emite menor quantidade de gás carbônico (CO2) (exemplo retirado do site da Petrobrás). Outro modo, é usarmos menos automóveis e mais transportes alternativos como o metrô.

O único modo de fazermos com que as pessoas se conscientizem é mostrar para eles o mal que o aquecimento global faz para a ecologia e a nós mesmos. Porque se ficarmos parados, nosso mundo sofrerá grandes problemas. Obrigado.

Atenciosamente,

Rafael Roditi Lachter.
Aluno do 2º ano do Ensino Médio do Colégio TTH-BarIlan

Anônimo disse...

Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2007.
Prezado Prefeito da cidade do Rio de Janeiro,
Nosso intuito com esta carta é mostrar a minha grande preocupação com o futuro do meio ambiente. Se alguma medida for tomada, mesmo que parta de uma cidade, aos poucos influenciará o estado, que influenciará o país e, assim, chegará ao mundo.
A cada dia que passa, mais árvores são derrubadas, mais um canal de esgoto é direcionado a rios, mares, lagoas; o exemplo disso, no Rio de Janeiro, é a Lagoa Rodrigo de Freitas.
Nossa sugestão é a criação de mais projetos para a conscientização nas escolas, como palestras, aulas práticas e propagandas sobre reciclagem, biocombustíveis, informando o problema. Devemos alertar os jovens do que irá acontecer nos próximos anos, pois eles serão os próximos adultos, chefes, presidentes, que poderão mudar a situação. É a geração que vai sentir os erros futuramente. Assim, precisará aprender a cuidar da natureza o quanto antes.
Portanto, não é preciso derrubar uma árvore para dobrar a riqueza de um país. O desmatamento é o símbolo da nossa incapacidade de compreender a delicadeza do ecossistema e de como trata-lo.

Atenciosamente,
Lana Aben-Athar e Hanna Gutwilen, alunas do segundo ano do ensino médio do colégio TTH Bar-Ilan.

Thiago e Daniel disse...

Rio de Janeiro, 11 de Outubro de 2007.

Atualmente, a principal fonte de energia é oriunda de combustíveis fósseis, como o petróleo e o carvão mineral. Durante toda a sua existência, o homem procurou descobrir e aprimorar suas técnicas de produção de energia.Foi assim que se chegou à lua, se geraram tamanho conforto e integração mundial. Porem, esse conforto e integração deve ter um limite.
O petróleo é, indiscutivelmente, a maior fonte de energia já encontrada, porem, com ele, vieram, guerras, mortes, destruição e, em longo prazo, o aquecimento global.
A principal solução para esses problemas são as fontes de energia renováveis. Elas poluem em menor escala e, em princípio, não trarão guerras, já que existem em lugares mais diversos. Além disso, não acabam, pois o nome já diz renováveis. Elas são energia eólica (do vento), solar (sol), hidrelétrica (rios), dentre outras. Essas energias são pouco utilizadas; e quando países, como o Brasil, tentam criar metas mundiais, são reprimidas por potencias do petróleo, como os E.U.A. e a Arábia Saudita.
Finalmente, cientes do tremendo desastre que está por vir, devemos divulgar esse perigo, refletindo e fazendo os outros refletirem.
Sinceramente,
Thiago P. Felcman e Daniel Hauser.

Anônimo disse...

Rio de Janeiro, 18 de Maio de 2007

Senhor Prefeito,

Envio-lhe esta carta com o objetivo de mostrar-lhe a minha indignação em relação a consciência ecológica dos cidadãos do Rio de Janeiro. Faz algum tempo que venho percebendo a falta dessa consciência, por atos como jogar lixo na rua, jogar o esgoto nos rios e mares, desmatar a vegetação e outros que significam a destruição do meio ambiente.
Nos atuais dias, esses cidadãos estão muito preocupados em ganhar dinheiro, comprar roupas, comidas e acabam se esquecendo de que tudo vem do meio ambiente, como as roupas, que são produzidas a partir de matéria prima vegetal (algodão) e animal (couro, camurça), comidas. Se esse cidadão não se conscientizar disso e começar a se preocupar, no futuro, as matérias primas vão acabar, os animais vão entrar em extinção. O único que vai perder com tudo isso é o cidadão.
Tenho certeza de que é do seu interesse a maior conscientização dos cidadãos para com a preservação do meio ambiente. Por isso, precisamos apresentar, e colégio, programas sobre o que é o aquecimento global para mostrarmos os grandes problemas que ele traz e trará para nossa sociedade. Por exemplo, as geleiras do Alasca, que estão sendo destruídas aumentam o volume da água e faz com que a maré suba, chegando a nossos prédios. De acordo com o jornal O Globo de agosto/2007, esse fato já está acontecendo na cidade de Recife, em Pernambuco.
O único modo de fazermos com quer as pessoas se conscientizem é mostrar para eles o mal que o aquecimento global faz para a ecologia e ao ser humano.
Agradeço por estar dedicando seu tempo para ler minhas propostas e espero que tome medidas em relação a elas.

Atenciosamente,
Anônimo.

Alunos: Rafael, Karen e Victor.

Aron disse...

Rio de Janeiro 6 de Setembro de 2007

Sr. Prefeito,

Quando temos uma cidade nas mãos, é necessário desenvolver as atividades da qual essa melhor representa no quadro político-econômico de um país. São Paulo, por exemplo, é o breço da industrialização brasileira e, por isso, é dotada de um grande setor secundário comerciaç.

O Rio de Janeiro, por sua vez, é uma cidade famosa por suas praias, seu carnaval, seu futebol e outras atrações que insinuam uma função turística.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Jornal "O Globo", as passagens internacionais de avião para o Rio de Janeiro são as mais caras, e, mesmo assim, turístas viajam para o Rio a fim de conhecerem a cidade maravilhosa. Por isso, o Rio de Janeiro deveria procurar desenvolver mais o setor turístico. Infelizmente, isso não ocorre.

Vejo que, no seu mandato, a maior parte dos investimentos se encaminha para setores industriais. A construção dessas indústrias acaba resultando em um extermínio das paisagens naturais que o Rio ainda preserva, gerando uma queda no setor turístico.

Pense nos seus atos contra a ecologia e conscientize a população da importância de manter uma cidade ecologicamente correta.

Nas escolas municipais, crie um grupo de representantes do governo que ensine nossas crianças o significado da natureza para a cidade.

É necessário um movimento ecológico urgentemente não só para convivermos em uma sociedade ecologicamente correta, mas para desenvolvermos a nossa função de cidade turística.

Atenciosamente,

Aron, Frederico e Mayer

Anônimo disse...

Rio de Janeiro, 6 de Setembro de 2007

Ao Exmo Prefeito da cidade do Rio de Janeiro,


Atualmente, há uma incrível falta de consideração das pessoas com o meio ambiente, o que é um absurdo. Provavelmente, isso se dá pelo fato de haver pouca conscientização ecológica dos cidadãos. Através de jornais, revistas e sites da internet, é possível observar esse fato em qualquer lugar, com os desmatamentos de áreas proibidas, atividades predatórias, queimadas, pesca ilegal, gerando os desastres ambientais.

As evidências desse desrespeito ao meio ambiente são notáveis como o aquecimento global, a aceleração do efeito estufa, o derretimento das calotas polares que são causadas pelo excesso da emissão de gás carbônico na atmosfera, produzido por automóveis, indústrias, usinas, queima de combustíveis fósseis, etc.

Acredito que um projeto incentivado pela prefeitura daria resultado fornecendo um ensino sobre a educação ambiental, despertando a consciência ecológica nos alunos do município. Outro ponto importante seria mostrar às crianças o que a natureza nos traz de benefícios e, em troca, aprender a respeitá-la.

Pesquisas publicadas pelo Globo Online mostraram que crianças submetidas a propragandas diversas tiveram aceitação - 87% dos casos nas crianças do que adultos expostos às mesmas propagandas, o que só ocorreu em 16% dos adultos.

Com base nesses argumentos, solicita-se a implementação desse projeto. Enfim, devemos nos esforçar para podermos ver, no futuro, o planeta vivo.

Atenciosamente,


Thiago P. Felcman e Daniel Hauser, alunos da 2a série do ensino médio do colégio TTH Bar-ilan

Isaias disse...

Rio de Janeiro, 6 de Setembro de 2007
Senhor prefeito,

Tendo em vista os problemas ocorridos no Brasil, posso dizer que um dos mais importantes relaciona-se à preservação do meio ambiente, decorrente da inconsciência ecológica do Rio de Janeiro. O ser humano recebe forte influencia do meio em que vive, ao mesmo tempo em que a influência em inúmeras situações de higiene e de limpeza pública. O meio ambiente encontra-se diretamente relacionado às condições de desenvolvimento de qualidade de vida da população quase sempre direcionada pela sua condição socioeconômica cultural.
No Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro estão, respectivamente, em primeiro e segundo lugar no nível de poluidores de acordo com dados do IBGE. Alagamentos devido a entupimento, incêndios naturais que ocorrem pelo aumento de temperatura e desmatamento devido à falta de consciência estão nos tornando uma cidade suja.

Por maior que seja a influência dos serviços, nenhuma cidade terá um estado geral de limpeza satisfatório, se a população não usar correspondente os recursos colocados à sua disposição. Para que isso decorra de maneira espontânea, é necessário que exista uma consciência sanitária da coletividade, de forma que cada elemento sinta-se envolvido de fato. A prefeitura poderia, por meio de projetos escolares, mostrar os problemas ambientais que tanto afetam a nossa saúde e dos animais. Seria interessante promover visitas escolares às estações de tratamento de esgoto, pois, assim, eles terão noção do quanto estão fazendo mal ao meio ambiente. Quando os estudantes forem jogar lixo na rua ou quando forem desmatar ou, até mesmo, quando estiverem fazendo queimadas, o meio ambiente será lembrado.

Ter consciência ecológica está diretamente ligado a uma postura de preservação e de cuidados para com o meio em que se vive. Espero que o Senhor reflita sobre esta sugestão e que realmente tome uma atitude.

Atenciosamente,
Isaias e Mark

Lana disse...

Deixo aqui esse video do youtube para que todos vejam. É muito bom.

segue o video disse...

http://br.youtube.com/watch?v=5g8cmWZOX8Q

Marcela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Prezado Prefeito

Apresento nesta carta um sonho meu, que é ter na praça Julio Lourenço, em Campinas um Skatepark, esse é meu esporte favorito gostaria que o senhor contruise uma.

Obrigado, Marcio

Anônimo disse...

eu acho que o prefeito devia d mais coisas para as escolas e para de se robam todos os politicos sao ladras e prefeitos tanbem de acordo com isso as pessos deviam para de se tao burras e faze alguma coisa contra isso!!





!

Anônimo disse...

adorei as cartas argumentativas,me ajudou muito a fazer uma pra mim!!!vlw por colocar exemplos maravilohsos

Anônimo disse...

com esses exemplos pudi construir uma pra mim.

Anônimo disse...

obrigada! me ajudou muito para fazer minha carta que minha professora pediu!!! Maceió - AL

Anônimo disse...

Muito bem

Unknown disse...

Me ajudou muito